Intensivo para Mulheres de Puna 1997 – conducao de Geeta Iyengar – Aula de Pranayamas dia 8 de Jan.

Aula de 8 janeiro de 1997 Pranayamas Antes da aula começar todos deitados em savasana. Geeta deu instruções para que as pessoas de movessem para o lado e alguém sentou-se o que gerou uma discussão. Nunca levante-se diretamente. Sempre gire para o lado e depois levante-se primeiramente voce sequer deita-se corretamente em savasana e levanta-se de forma abrupta. Deve entender como deve tratar a voce mesma. A mente não permanece quieta e eh porisso que voce estah deitada para que a mente torne-se mais receptiva nesse ponto. Quando voce esta descansando e se levanta o quão receptiva estah a sua mente? Quando voce estah trabalhando duro o quão receptiva estah a sua mente depois? Não se pode correr para levantar e se entregar. Mesmo depois de ter feito sexo voce deve permanecer e observar. Esta escrito em literatura medica deixe a mente pensar sobre. Voce deve estar receptivo para pranayamas. Voce deve acessar algo dentro de voce. Não permita estar nem letárgico nem ansioso. Invocação Sente-se ereta, mas em frente ao peito unidas, feche os olhos e olhe para dentro. Permita que os cantos internos dos olhos relaxem para trás. Deixe as temporas moverem-se da frente para trás em direção a cabeca Antara kumbhaka sentados em svastikasana Discussso e demonstração por Geetaji Hoje aprenderemos a elevar as costelas baixas. Antes eu falei de manter o meio alto do abdômen quieto. Hoje concentre-se na área da base das costelas. Não as costelas flutuantes, essa eh uma área importante a ser elevada Um estado triste jah eh o movimento do corpo para baixo. As células externas iniciam sua morte com a gravidade interna caindo. As asas dos pássaros devem abrir suas asas assim desde o diafragma. Voce deve abri a área das costelas baixas para elevar o corpo interno e elevar amente. Observe o efeito dos estados físicos e fisiológicos. Veja se as extremidades externas do diafragma podem subir e abrir a base do externo. O diafragma deve elevar-se. A ultima aula falei do meio do peito que deve ser preenchido. Diferentes tons de cores ajudam a pessoa a saber qual cor eh melhor para cada um. Eh similar com os movimentos , observando os mesmos cada um pode avaliar qual eh o melhor. Quando o peito médio toca o superior isso eh errado e perturba toda a postura. Memso com uma inalação precisa não precisa perturbar o corpo. Desde as costelas baixas ateh a altura do seios e região media do peito va aumentando de forma suave. Em estado depressivo especialmente nos muito depressivos o oxigênio não vem a superfície facilmente. São algumas tentativas ateh chegar ao movimento com objetividade quando voce não eh um com o movimento. Quando a respiração eh subjetiva o movimento vem desde dentro e não vai para fora. A respiração aprofunda-se o ajuste estava na tentativa de levar a aprte media do peito para frente mas esm pertubar o abdômen. Lembrem-se da ultima aula que a parte baixa do esterno eleva-se e não a parte alta. Separe o peito toraxico do abdômen, eu não movo meu abdômen para longe do tórax. O abdômen permanece no seu lugar, não golpeie o abdômen, abra o tórax. Esse esterno abra-o. quando o diafragma não se eleva e o abdômen se envolve na tarefa fazemos uma ação diferente. Todos praticando Sente-se de forma ereta, ajuste os glúteos, solte de forma a chegar na parte interna do osso dos glúteos. Quando voce senta-se com as pernas cruzadas e supostamente a área das costelas inferiores caem; nesse caso pegue um suporte ou manta entre as canelas e pés. Agora a elevação eh mais fácil e as coxas tornam-se o fulcrum. Use apenas a ponta da manta entre canela e pés e deve saber exatamente quando usar esse suporte. Sente-se ereto. Jah temos menos esforço agora. Ombros rolam para trás. Iniciantes, de forma calma o peito deve abrir. Todos colocam as mãos em copinhos nas laterais. Fique nas potinhas dos dedos com os cotovelos dobrados para trás. Eleve as costelas baixas quando voce mantem os dedos pois isso mantem a elevação das costelas laterais. Cabeca centralizada tire a medida da largura do peito e leve as palmas para as coxas. Tem uma perturbação nas laterais do peito quando abaixamos as palmas. Voce pode manter o peito para cima quando as palmas estão para cima mas quando voce abaixa as palmas o peito cai. O diagragma mantem o peito alto quando as palmas se abaixam e o mesmo deve permanecer sem tensões. Eleve portanto desde as costelas baixas com as costelas laterais para as laterais. Encontre como elevar o diafragma para manter as costelas elevadas. As esquinas do diafragma devem manter-se abertas para manter a elevação do peito. Iniciantes colapsam no centro quando soltam as mãos nas coxas. Mantenhas as laterais do diafragma calibradas, exale , solte a cabeca e role os ombros para trás. Mantenha a parte baixa das costelas elevadas. Devagarinho inale e veja como o peito baixo abre para o peito médio. Sensibilize ainda mais as áreas laterais do diafragma. Guruji: voce esta mantendo a energia criada na respiração. Nas inalações voce cria energia com a entrada para a cavidade. Essa eh a letra G. depois da inalação , kumbhaka, voce entrou na cavidade. Essa eh a letra O; a exalacao acaba saindo da cavidade destruindo a energia que eh a letra D. G-O-D (Deus).Citta e Kasha o universo interno invisível. A respiração deve sair da caverna (cavidade) para ver a luz da alma. Deve-se observar a entrada do portão da alma (guriji aponta a junção da cartilagem e do osso no nariz da geeta). A respiracao deve sentir a consciencia para que o ar não perca a sua direção.entre pelas pernas da alma para sentir o tronco da alma. A energia do Prana eleva a alma. A alma envolve-se e toma conatto com o mundo. Voce deve entrar e sair da caverna da mesma forma e isso eh pranayama. Geetaji: voce deve prestar atencao aonde o Prana tem aderência: Cabeca ao centro, leve-a para baixo de forma suave Guruji: sente-se me Upavistha konasana e leve a parte de fora do cóccix para mais perto. Pressione mais o osso do joelho para dentro e veja o que o corre com o cóccix. Ele torna-se estreito e longo. Eetaji: voce esta hiperestendendo a postura Sente-se me swastikasana de novo , mãos nas laterais, mantenha o cóccix estreito e longo. O osso não aceita a carne quando voce simplesmente empurra o cóccix para baixo. Encontre os seus próprios erros. Ajuste os ombros, devagar inale, toque as partes externas do diafragma para cima, exale lentamente. Ambos olhos devem olahr para o peito. Mantenha todos os dedos na manta de forma que o carpete do diafragma se mantenha aberto. Mantenha a base das costelas largas como se voce tivesse adicionado gordura lah. Abdômen suave. Inale abrindo a base das costelas baixas para as laterais. as extremidades do diafragma elevadas. O espaço criado eh a retenção não que voce tenha que reter o ar. Ombros dentro do corpo. Voce deve elevar mais o lado direito pois o estomago esta vazioe o fígado sempre cheio. No ultimo ciclo abra a costela baixa do diafragma deve abrir. Suavemente mande-o para frente sem bater nos músculos. Savasana pranayama com travesseiro, manta com três dobras e manta para a cabeca. Empurre o suporte do pranayama em direção a cabeca para que a lombra relaxe para baixo devagar. O travesseiro deve suportar a base da dorsal ateh a cabeca. Mantenha o abdômen suave, olhos fechados, mantenha os ombros para longe do pescoço, veja qual porção desde dentro esta caindo. Esse eh o inicio da próxima lição. Se o travesseiro (ou a manta) estiver indo das dorsais para cima , as extremidades do diafragma irão ligeiramente para cima e irão se expandir. Tudo estah passivo olhos, garganta dedos. Quando os dedos estão tensos as laterais do abdômen ficam rígidos. Se a cabeca estiver pendulando para um lado ou outro isso irah afetar o abdômen. Como a água em um chão irregular voce não saberia onde ela se altera para manter o fluxo. Observe se um lado do pescoço estah para cima ou para baixo. Mantenha o balanço. Não eh somente os desequilíbrios do corpo, mas tambem das células. As paredes da garganta internas suaves. Gire-se para a direita e eleve o corpo devagar.