Intensivo para Mulheres de Puna 1997 – conducao de Geeta Iyengar – Aula de 16 janeiro de 1997

Ênfase nas ações das costas. Aprendendo a ensinar mais rapidamente com a inteligência de explorar mais vagarosamente as asanas. Como levar os ajustes das pernas ateh a parte de trás do corpo desde Dandasana ateh as torções. Invocação. Tríceps descendo em direção aos cotovelos. Cotovelos internos soltos para manter os bíceps suaves. Dandasana Inicie sem a manta: raiz das coxas devem descer. A área bem acima da cabeca do fêmur eleva-se. O osso pélvico um pouco para frente. O tronco para trás e o osso pelico pra frente como em Tadasana e Sirsasana. Coxas para baixo e osso pélvico para cima. A região da espinha sobe. Ajuste com a manta o osso pélvico mantendo os glúteos quadrados. Baradvajasana para a direita Demonstração. Guruji corrige a perna de baixo e a de cima da mesma perna, a esquerda. Vocês perdem a conexão da perna baixa e alta. Vocês mantem o peso na parte externa da coxa direita. Eu contrabalnceio isso com peso na coxa interna direita. Mantenho as mesmas próximas. Agora observe minhas costas. Estah em dandasana? Eu ajusto levando peso a parte externa e baixa da perna esquerda, assim eu equilibro a lombra. O rim que estha voando eu mando para dentro. Dandasana eh muito tonificador aos rins. Quando giramos para direita o rim esquerdo entra facilmente mas o direito deve ser trabalhado para entrar nas costas. As mulheres tem dores nas costas hormonais e devem fazer sempre o link de dandasana nas torções. Dandasana. Dandasana signigica um “pau” e as pernas estão como? Frouxas. Bharadvajasana Compactação das pernas e tudo move-se desde a ancoragem dos pés. Mantenha os dedos dos pés em virsana trabalahndo para alongarem-se para trás. Dandasana com todas fazendo: As coxas externas para baixo. Osso pélvico para frente. Conecte a sua mente com cada pedacod e seu corpo. Alerte a mente para sentir as costas. Junte as pernas e sinta as costas. Notou que elas vão para trás? Traga de volta as costas para frente. Veja como pressiona os joelhos. Use as panturrilhas, pese-as e autometicamente os joelhos se pressionam. Sugue as raízes das coxas para dentro. O osso do glúteo desce quando voce agarra a raiz articualr coxo femoral. Para um estudante novo quando mais voce pratica , mais voce amadurece. Conectou a parte alta da perna ao chão? Compactação, estabilidade, intensidade. Sensibilidade sem contração. A inteligência penetra nas coxas altas. Agora leve inteligência para a espinha e veja-a mover-se. Eu movo desde os rins e vocês desde a parte lata do peito. Pode trazer os rins para dentro espermendo-os? O rim externo em direção ao interno e esse novo rim para frente. Leve a raiz articular firme para dentro do corpo. O que voce faz? Eleva o períneo. Voce tem que ficar mais próximodo chão euma ação diferente. Latissimus mais perto da espinha. Bharadvajasana com as pernas para a esquerda. Faca aqui o que voce sente em dandasana. Sugue a raiz articlar solta profundamente para dentro. O quadril direito totalmente para a esquerda. Agoar estude quanto de manta voce precisa, as vezes precisamos de apenas uma manta embaixo de um quadril. Demonstração: Guruji. Agora eu usarei uma manta como vocês usam. O quadril fica circular. Se eu enrolar a mesma minha pelve ficarah quadrada. Manta colocada em ângulo. Geetaji: não eh a forma da manta que interessa, mas sim o formato de seu quadril e glúteos. Guruji: voce coloca a manta apoiando todo o glúteo e isso dah a informação errada. Ele enrola a manta pequena para equilibrar os ísquios da Geetaji e seu quadril externo. Geetaji: para as mulheres mais vehas eh preciso saber mais as correções pois o corpo tende a cair. Bharadvajasana para a direita: Guruji: o peh de baixo tem que pressionar o chão. Agora gire. Tronco como em dandasana. Encontreo ponto em que os rins se soltam. Latissimus dorsi para as escapulas. O direito paralelo com o esquerdo. Oserve como os rins trabalham. Veja a compactacaodo latissimus dorsi. Para o outro lado, mas antes em dadasana. Corriga os ísquios e não sente antes na manta. Dobre os joelhos para a direita. Solte a panturrilha em virasana. A coxa externa direita para baixo. Tronco em dandasana. Sente-se nos quatro cantos. Veja quanto o joelho ganha em pressão. Quanto o outro joelho ganha de pressão. Gire as panturrilhas para que o peso venha para o chão de forma equânime. A coxa externa desce como virasana. A pelve direita tenta subir, puxe a coxa externa direita para baixo e corrija. A carne da coxa direita deve descer em movimento circular. Agora gire para a esquerda. Não desintegre as costas. Ainda mais solte a coxa externa para ganhar espaço. O noh acontece porque o músculo vai para longe do osso e se comporta como osso e ficam enrijecidos. Faca os músculos suavizarem. Dandasana nas duas canelas. Comprima-as contra o chão. Exemplo: Karino OBannon. Geetaji. Primeiro em dandasana. Olhem para a camiseta dela; ela esta saído pra fora com o lado direito do osso púbico e entrando para dentro com o platô púbico esquerdo. Coloque uma manta embaixo do quadril es querdo para equilibrara. O platô púbico sai para o lado.nao há sangue circulando na pelve nem na coxa da direita. Agora em bharadvajasana. Voce observou a pelve? Agora com os pés para a direita. O desvio da pelve jah estah comprimindo por aih. Isso irah bloquear a circulação. Uma mante embaixo do quadril não eh suficiente. Ela tem que cortar a coxa direita direto para baixo. Geeta enrolou a manta ainda mais alta. Quando a carne vai para longe do osso o glúteo salta para cima. Todos em dandasana. coxas externa para baixo. Mova o osso pélvico Exemplo: Juliana Venturi. Primeiro em dandasana ela estah sentada no centro? Ela estah girando para a esquerda; o peito esquerdo estah para trás e e a coxa esquerda estah para cima. Mova o joelho interno esquerdo para baixo e o peito vira a seu lugar. Gire a canela externa para dentro do corpo e corte para baixo. Ainda a coxa intena esquerda esta para cima. O noh saiu das costas. Todos os órgãos no lado esquerdo estão contraídos. Geetaji segura a coxa externa dela para dentro pois a mesma estava saindo do encaixe. Algumas vezes isso leva a osteoporose mais tarde. Anteseu toquei a coxa e havia dor agora com o ajuste não amis. Demonstracao: Guruji: estou ensinando um iniciante em Bhraravajasana. Eles estão entortando. Digo a eles que se elevem para longe do chão, mantendo a perna e girem no ar e depois sentem-se. Todos fazendo: elevem-se e ajustem o peito como em dandasana. Demonstração: Guriji. Olhem aqui. Os olhos entendem a ação e movem as temporas. Essa eh a tempora de seu braço inferior. Essa eh a tempora de suas pernas. Esse eh a tmepora de sua coxa media. Essa eh a tempora de seu quadril. Todos fazendo: Gire a tempora de seu quadril. Tem hamronia ou agressão? Agora gire a tempora de sua cabeca. Maior ou menor harmonia? Agora gire a tempora de seu quadril mais um pouco.eleve os glúteos e observe osd edoes. Eles se alongam. Seu peito segue errado ou em equilíbrio? Bhraradvajasana II. Perna esquerda em Virsana . perna direita em Padmasana. Ajuste a pelve. Não de suporte ao jolho. Mãos como em dandasana. A coxa direita inteira para baixo e não somente o joelho. Voce usou de forca para o Padmasana? Com a canela ou com a coxa. Cada porção da perna estah sendo ajustada com a mesma forca? Voce precisa dar suporte ao que precisa do mesmo. Demosntarcao: Geetaji: o pe esquerdo em Padmasana. Estah rígido na canela? Eu dou suporte nesse ponto. A forma muda. Se eu apoiar o joelho isso não removerah o dependurado. Eu giro carne da coxa de cima para fora. No segundo lado eu abro a sola do peh para remover a dor aih. Eu giro a carne da coxa para fora. Exemplo: Karin O Bannon, Judith Adank, Manica Haar e Mieko Nakamura. Para Judy a canela estah descendo. A coxa estah torta. Eleve o peh mais altoe eleve suas mãos desde debaixo das pernas. Para karin a perna esquerda estah em Padmasana observe a postura dela. Agora troque os lados. Compare o espaço nas virilhas entre os dois lados. Como o peh estah tocando a coxa. Ela não estah usando a perna direita de plataforma para o peh direito. Ao invés a coxa estah enviando o eh para longe. Voce deve dar suprte ao quadril esquerdo para que a perna esquerda não rejeite o peh. Uma manta foi colocada embaixo do quadril esquerdo e a coxa direita desceu. Para Mieko a canela estah caindo com forca ela precisa colocar uma manta embaixo da canela. Para Monica a postura estah vindo bem. Para a idade jovem dela ela tem uma boa dobradura. Ela não estah descendo com as pernas não tem base, fundação. A essa idade voce deve apenas aprender a sentar-se. As coxas devem sentar-se não imorta a idade. Não se sabe quem estarah convidando a problemas menstruais mais tarde. Com tanta contração abdominal não sabemso o quanto estamos irritando nossos órgãos. Com a idade chegando agente ajusta soltando a perna de padmasana e girando a perna em VIrasana de dentro para fora. A panturrilha para fora. Daih então coloque a outra perna. a suavidade no abdomen vem. E ela senta-se mais completamente. Aprenda a colocar as pernas em posição e checar onde os músculos se contraem. A maturidade deve vir dessa forma. Não tem outra rota. Primeiro voce deve ensinar a forma da postura. Agora voce deve ensinar a maturidade na postura. Aqui para penetrar leva amis tempo. Com um corpo jovem girar e pegar o dedão chega. Onde o gancho aconteceu voce não sabe. Todos fazendo. Perna esquerda em Virasana, direita em padmasana. Solte a perna direita. Voce girou a voce mesma no meio de seus dedos , no meio de seu joelho esquerdo ou no meio de sua panturrilha esquerda? Encontre o peso interno dos metatarsos, o peso externo dos metatarsos. O centro dos metatarsos estão tocando o mat? Para Mieko o peh externo estah caindo como ela faz em Virabhadrasana I. quano ela girou a canela dela e peh saiu correto. Ela pensou que precisava de suporte desde fora. Isso não seria correto. Geeta coloca um pequeno bloco dentro da canela e os metatarsos ficam centrados. Tudo isso são ações para dentro desde dentro e não ao contrario. Façam todas com bandagem ou bloco. Encontre seu espaço aih. Primeiro o ajuste de Virasana. Veja como o osso da canela gira. A canela externa desce. Para alguns de vocês a sensibilidade não estah lah. Para nos o problema a vir jah mostra sinais. Leve a perna diretia em padmasana. Use um cinto atrás do joelho par ajudar a carne. O assento para voce não eh somente os ísquios . os ossos das canelas, joelhos, coxas. Glúteos são os que criam o asseno. Uma extensão simétrica da canela e do tornozelo. Leslie Bradley sua coxa estah indo para dentro da articulação e a canela esta indo em outra direção. Não tem um fluxo continuo de energia. Brabara Yates usou o cinto para reduzir a dor nos ligamentos do joelho. Foi suficiente? Experimentou de forma objetiva apenas. O que voce fez com a outra mao? Ela segurou a canela e não fez nada. Somente o cinto estava sendo puxado e puxado. Mas e extensão total do joelho acontecerah quando voce segurar seu peh e resitir. Originalmente ela moveu o cinto quando seu joleho estava no ar. Voce deve mover o joelho para o chão. Tadasana Junte seus pés e dedos. O que voce fez com sua canela? Agora tem alguma vida que veio? Jah dei a dica. Espere um pouco desde que vocês acabram de vir da posição sentada. Olhe a linha da canela em Tadasana e veja o que acontece. Quando ela vai para dentro a vida chega.empurrar para trás não trás a vida. Quando a canela vai para dentro voce fica em peh. Se voce deixar a canela cair voce fica em peh , mas sem vida. Voce fez isso em Bhraadvajsana? Guruji: a fronte da moldura canela entra em contato com a pele. A pele interna move-se para dentro ou para fora? Pode fazer algo pelas suas canelas? A pele da fronte da canela move-se para a frente da canela . Em Bharadvajsana a parte frontal da canela toca a parte posterior interna da canela. Bharadvajasana A canela externa vem para perto da canela interna. Sugue a canela externa para a interna como em Tadasana. Geetaji: agora perna direita em Padmasana. Guruji: vocês estão pressionando o metatarso externo para o chão? Sugue para dentro os metatarsos eveja op que ocorre com os ossos dos glúteos. Eles chegam amis perto do chão. Voce imagina isso? Os estão de fato? Voce deve aprender para ser definitivo. Canela de Tadasana. Geetaji: agora a mao esquerda. Guruji: o que aconteceu com sua canela interna? Conecte a canela interna e externa com sua mente , as duas. Gire desde o miolo da coxa de padmasana a mesma de dentro para fora. Defina porque o ísquio da perna em virasana tem raiz e o de padmasana não tem? Sugue as cavidedes articulares do quadril para dentro e os dois glúteos ficarão firmes. Porque tantas perderam os rins nas costas? O tronco estah em tadasana. Pernas em dandasana agora. Os rins do meio mais perto do corpo frontal. Com as duas mãos faca o tronco fazer tadasana. Pernas em dandasana. Os meios dos rins mais perto do corpo frontal. Com as duas mãos faca o tronco fazer tadasana. Agora vah para o outro lado. Não eh tão somente a yoga da mente. Encontre onde a mente tocou. Eu não posso questionar voce . isso eh trabalho externo. Voce poe tocar com a sensibilidade do corpo interno? Daih o entendimento virah. Enquanto voce escuta as instrucoes dela estarei dizendo para as minhas perna não ficarem lerdas em suas canelas. Vocenao deveria perder. As células devem ficar naquela posição. E ficarão se voce tiver feito corretamente. Perna direita em Virasana. A bandagem ou bloco na canela devem ter a forca para mover os metarsos para dentro. Canela cortando para dentro e carne da panturrilha para fora. Agora veja a posição do joelho. Judith Adank com dor no joelho interno. Peso no ísquio esquerdo, a perna diretia em Virasana e o joelho interno tem dor. Ela eleva o ísquio esquerdo e a dor alivia. Geeta observou que ela estava projetando seus olhos e relacionou isso com a leveza embaixo de seus olhos. Ele eh tão magra que move –se sem discriminar os movimetnos. Vocês aprendem que o ísquio esquerdo deve mover-se para longe e que a giramos a outra coxa de dentro para fora. Eh seu dever encontrar isso. Deve traduzir isso ao corpo. As instruções básicas são sempre dadas dessa maneira. Se o joleho não dobra com facilidade crie flexibilidade entrando e saindo da postura de novo e de novo. Voce tem que fazer esse trabalho “burro”. Perna esquerda em padmasana Encontre qual o suporte necessário. Encontre como a energia esta atuando. Sabedoria objetiva estah a disposição para vocês. Exemplo Juliana Venturi. Ela tem dor no joelho em padmasana. A perna esquerda estah inchada como um puri. A perna direita estah caída como um chapati. O peso da canela esquerda eh muito para a coxa direita. A coxa direita tem que girar para fora e para baixo. Com a outra coxa, veja como a coxa direita gira bem em padmasana. Use um cinto por dentro da coxa interna esquerda. Puxe o cinto de dentro para fora. Se ela fosse iniciante eu teria alguém elevando o joelho com outra pessoa estabilizando o joelho. Veja o quanto essa coxa deve rolar. São varias sessões para girar a coxa mais e mais para fora. Algo segura as nossas costas. Não tem nada agora nas coxas para nos fisgarmos. Perna diretia em Virsana. Perna esquerda em Padmasana. Nos gire imediatamente. Voce deve saber quando dar o próximo passo. Se a ação for dura eh que foi muito rápido. Pode levar dez vezes a checarmos se a posição estah correta. Observe o que aconteceu com o platô púbico. Observe o que acontece com o abdômen. Eh um processo lento , mas não eh câmera lenat. Guriji examina cada ação enquanto ele se move, porisso ele pode mover-se rápido. Gire ao lado esquerdo. A espinha deve chegar ao centro. A coxa externa da perna em padmasana cai. A coxa interna trabalha como tadasana. O osso do fêmur externo vai em direcao ao osso interno. Torso em tadasana. Com mais gordura corporal voce tem mais dificuldade em achr o moviemnto. Quanfo voce eh magro voce não sabe em que voce estah escorando. Quando voce move os rins para dentro, o corpo oranico pode saltar para fora? Não. Nenhum órgão deveria ficar inchado. Voce deve ajusar estruturalmente para cada pessoa, mesmo que ele não consiga completar a postura de forma correta. Quando a dor nas costas não vai embora memso quando a torção eh feita de forma exata eh poque voce não sabe de onde vem os desalinhos. Eh um processo de enxágüe. Toda vez que voce trouxer o tecido em contato o pano ficarah limpo. Paschimottanasana Pernas unidas em tadasana e cabeca para baixo. Elevem-se e sentem-se em dandasana. Observe as canelas. Equilibre os metatarsos, atuando como em virasana e padmasana, mantenha a inteligência nas canelas. Como voce darah suporte para as canelas em dandasana. Leve o osso da canela para dentro. Como em padmasana, uma manta pode ser usada embaixo da canela externa perto do tornozelo. Espalhe as panturrilhas. Voce trouxe as canelas e tornozelos para dentro? As panturrilhas internas se pegam. quando voce leva o tornozelo interno para dentro a panturrilha se espalha. Agora mantenha isso e leve a cabeca para baixo em paschimottanasa. O fêmur externo deve cortar para dentro, para dentro do corpo de descer com a pele para o chão. Suba. Coloque as mãos como em dandasana torcendo para a esquerda. O que ocorre com os braços superiores? Desca em Paschimottanasana e faca bharadvajsana na prte superior dos braços. Voce deve inflar o mesmo. Exemplo: Suzie Spencer. Suba e faca a torção em dandasana. O braço esquerdo esta reto ? o que voce fez em paschimottanasana? Voce deixou os braços retos. Quando voce incia a ação voce deve enganchar os braços. Quando voce faz o dandasana torcendo seus braços não podem estar retos. Ela estah dobrando seus braços paschimottanasana e antendo eles baixos. Ela pode inflar seus braços com os cotovelos para baixo? Paschimottanasana com todos fazendo Agora infle seus braços superiores, a parte de cima. Silencie o cotovelo. Ao ensinar iniciantes voce deve dizer a eles para elevar os cotovelos e enquanto mantem os mesmos elevados inflar a parte de cima do braço. Voce deve fazer com que entenda. Algumas vezes deixe-os fazer para ganhar sensibilidade e depois corrija. Nessa aula voce aprendeu 2 asanas. Tantas informações em 2 asanas. A lição e fazer e repetir muitas e muitas vezes. Voe não pode ensinar devagar. Vah rapidoe veja o que estah errado. Voce deve encontar nas demais torções os pontos dessas duas posturas.