Yoga e meditação reduzem gastos com saúde em 43%

Um estudo publicado pelo Institute for Technology Assessment (ITA) e pelo Benson-Henry Institute (BHI) do Hospital Geral de Massachusetts, afiliado a Harvard, mostrou que praticantes de Yoga, meditação, ou algum tipo de prática espiritual gastam substancialmente menos dinheiro em cuidados com a saúde se comparados aos não-praticantes. A economia pode chegar a 43% segundo o estudo. James E. Stahl do Hospital Geral de Massachusetts afirma:
“As primeiras descobertas do nosso estudo são que, quando treinamos os pacientes a acionarem um estado de relaxamento, eles também reduzem drasticamente sua utilização dos programas de saúde. Estes programas promovem bem-estar e, em ambientes de recursos limitados, podem, a custos mínimos e sem risco, reduzir o peso sobre o sistema de saúde”
O estudo evidenciou que os praticantes se beneficiam no nível neurológico, cardiovascular, musculoesquelético e gastrointestinal. Fonte: The News Minute. Traduzido originalmente por: RadioZen.