Quer começar a praticar Iyengar Yoga? Confira algumas dicas básicas

cinto-duplo-iyengar-yogaPra você, que sempre sonhou em praticar Iyengar Yoga, mas não encontra aquele empurrãozinho de coragem necessário, vamos passar algumas dicas que podem fazer a diferença entre levantar do sofá e partir pra ação, ou continuar admirando essa prática, de longe…

Escolha roupas confortáveis: de nada adianta você entrar na “sala de aula”, cheia(o) de energia, se a roupa, durante as aulas, te deixar incomodada. Opte por modelos práticos e que não acentuem os resultados do esforço, como o suor. Roupas um pouco maiores e de tecidos leves, tendem a facilitar esse processo. Para o método Iyengar é imprescindível ter as pernas descobertas e usa-se um tipo de shorts curto com um acabamento de “punho”no alto da coxa para liberar os movimentos.

Para aqueles que não conhecem todos os tipos de Yoga, que existem, e tem dúvidas quanto a entrar em um, podemos garantir que o método Iyengar, inspirado no Yogi BKS Iyengar, se utiliza de elementos externos, como cordas, apoios, travesseiros e cadeiras, para proporcionar maior longitude às posturas praticadas, durante as aulas. O uso destes materiais ou “props” viabiliza que o aluno (mesmo com muitos bloqueios de movimentos) possa desfrutar dos benefícios dos asanas.

Sempre pense no Iyengar Yoga como uma prática que trará resultados positivos, mas a longo prazo. Como tudo que melhora nossa vida, o Yoga não pode – e nem pretende – oferecer respostas rápidas e soluções definitivas, na primeira aula. Tudo deve ser levado com muito zêlo e a sério, feito de forma frequente e que, gradualmente, faça parte da sua rotina. A partir daí, os sinais de melhora, tanto físicos, quanto mentais, serão notórios. Postura correta, fazendo com que seu corpo melhore, se estique, cresça, alcance seus limites. Tudo depende do quanto você estiver disposto a levar isso a fundo,com afinco.

Por último, não desanime com possíveis dificuldades de início. É normal que algumas pessoas assimilem mais facilmente algumas posições e práticas. Se dentre os seus colegas de prática estiverem alunos mais antigos, isso se torna ainda mais comum. O que não pode é você se deixar abater com o início das aulas e achar que não consegue atingir o ponto em que pretende chegar. Perseverança é a palavra-chave, para atingir os limites do seu corpo. Com dedicação e empenho, todos podem chegar lá. Aplica-se os princípio de Tapas e Ishwara Pranidhana: muita disciplina aliada à entrega. A relação mente-corpo sairá de uma esfera de compreensão textual e o aluno testemunhará este bonito vincula. Assim sendo, após refeito o casamento com o próprio corpo físico (que é a nossa morada neste plano de vida) as rotinas irão paulatinamente criar uma nova textura de experimentação. Os órgãos dos sentidos tornarão melhores e mais presentes as vivências rotineiras e cotidianas.