Prashant Iyengar e Aulas de Savasana, postura do Morto I

São Cinco Aulas de Savasana abordadas na compilação de “Tuesdays with Prashtant Iyengar” e nesse texto descreveremos as duas primeiras.

Savasana 1ª Aula:

Exercícios de Pranayamas para iniciar. Preparação com bandagem para os olhos, almofadão para a espinha e manta para apoiar a cabeça. Faca três series de exercícios de inalações. Comece exalando em três áreas diferentes 1) Exale completamente no cérebro e garganta, evacue o cérebro. 2) Exale no tórax ate as costelas flutuantes 3) exale no abdômen. Os fazendeiros cavam e aram o solo para deixá-lo suscetível ao sol, água e ar; e quando você relaxa de forma absoluta o abdômen prepara-se para o pranayama que acessa os níveis mais profundos desse solo (nosso corpo físico). Deixe as suas mãos meio caminho para baixo para que você obtenha a expansão horizontal e o peito inflado ao meso tempo. Inale e exale no cérebro, e nos sentidos de percepção externa. A ação de “arar” inicia-se perto das clavículas. Inale desde a) peito as clavículas b) costelas baixas ate o peito c) pélvis ate o abdômen. Continue a arar, a “pentear” o corpo nesses movimentos e melhorar a irrigação e faca ciclos de respiração normal a cada 2 ou 3 ciclos.

Inale e exale profundamente no tórax, profundamente.

Com uma inalação profunda inicie a ação de arar e inale desde: a) diafragma baixo a diafragma alto b) parte alta do abdômen ate a parte baixa do peito c) meio do abdômen ate o meio do peito d) parte baixa do abdômen ate a parte alta do peito. Dessa forma você aumenta gradualmente o alcance dessa “varredura interna”. Inale nas costelas flutuantes e exale varrendo o abdômen e a pelve. Varra a parte baixa do corpo. Inicie a ação de arar novamente desde a) pelve ate a parte gástrica b) pelve ate o diafragma c) pelve ate o peito d) pelve ate a parte alta do peito. Faca as inalações cuidadosamente e abra as costelas flutuantes (não abra o peito). Exale evacuando o abdômen. Vá para dentro de você e faca cada ciclo mais profundo, arando cada vez mais profundamente. Pranayamas não são exalações e inalações profundas; você deve perceber os padrões de seu ego e seu engajamento com a respiração. Aprenda a tecnologia que se encontra no segregamento da respiração.

Savasana 2ª Aula:

Você fará um Savasana Nostálgico. Ajuste as partes altas de seu glúteo, estenda e posicione as pernas corretamente. Eleve a dorsal e a parte toraco-dorsal para ajustar braços e ombros. Deixe a cabeça alinhada. A 3ª e 4ª inalação deve sair da região nasal. O nariz pode ser definido de varias formas. Ele contem a membrana nas paredes internas, o teto do nariz e a parte onde o osso inicia, o chão e parte que fica em coima da gengiva dos dentes superiores, o septo e o que divide a cartilagem entre as duas narinas e as entradas são as regiões acima dos lábios superiores.

Aprenda a inalar por cada uma dessas áreas e através dessas áreas.

A cada 3ª e 4ª inalação deve-se inalar de forma seletiva nas diferentes partes do nariz. Tome alguns ciclos de respiração normal entre esses exercícios. Observe a respiração conforme ela acontece nessas partes diferentes. Veja o que ocorre na estrutura muscular de seu rosto e observe a maturidade das inalações conforme traz a consciência essas diferentes formas de inalação. Faca as respirações cada vez mais refinadas e mergulhe na quietude que leva o seu Savasana adiante.

O Pâncreas

O pâncreas e o sabor de Ser, uma glândula perto do estomago que produz enzimas digestivas, hormônio da insulina que o nosso corpo usa para metabolizar gorduras e carboidratos. O pâncreas cria energia na forma de glicose, ele leva fogo ao trato digestivo e vira energia. O homem precisa dessa energia para bater o coração e piscar um olho. O homem e conhecido por suas emoções e ações. A ação pode ser física, mental ou intelectual. Um homem anestesiado não pode sentir o gosto, o gosto advém de “swad pinda” (pâncreas) que leva energia ao intelecto, as mentes e suas faculdades. Quando vem um cisco no olho, o olho pisca. Se o olho não piscar para o cérebro e uma catástrofe e seu sistema de defesa cai. Não agradeça ao seu cérebro por simplesmente mover seus olhos, agradeça também ao pâncreas que fornece a energia para tal ação.