Intensivo para Mulheres de Puna 1997 – conducao de Geeta Iyengar – Aula de 15 janeiro de 1997

Pranayama Foco: quatro formas diferentes de sustentar Pranayamas para as mulheres. Invocacao Savasana Ujjayi Pranayama com bolster, manta para a cabeca e tronco. Ajuste o bolster e quando ensinar um iniciante não deixe um espaço entre o bolster e a cintura. Eles não se darão conta desse espaço. Deite-se de forma que todo o tronco se eleve como em Viparita dandasana. Mantenha os ombros rolando para trás e segurando as laterais do mat abra as axilas peitorais. O grande dorsal deve entrar nas costas para elevar o peito. A parte alta do braço gira desde fora para dentro. A parte baixa do braço gira desde dentro para fora. Gire os braços para fora. Abra as palmas para o teto. Segure o mat mais uma vez e ajuste as axilas peitorais. A parte alta da pele do peito deve caminhar em direção da cabeca. As fibras musculares devem descer. Cabeca centralizada. Relaxe a face e a garganta. Te darei mais tempo para que voce sinta esses pontos. Queixo em direção ao peito e se a garganta estah tensa voce deve elevar mais a cabeca . cabeca e queixo sempre na direção para baixo. Se a base das orelhas sobe terah tensão no rosto e cabeca. Abandone as coxas e pés. Não force a respiração. A base da toraxica sempre eh dura aos iniciantes e aos que sofrem de algum problema nos órgãos. Mantenha o abdômen suave com respirações suaves. Suavize a área das costelas baixas. Quando sentamos as costelas baixas devem ser elevadas e o abdômen desce. Veja se isso ocorre com voce na postura deitada. Depois veja se após 6 minutos seu corpo permanece na mesma posição. Savasana deitadas com os joelhos dobrados. Deslize o bolster para longe da lombar e coloque-o na dorsal. Solte as tensões abdominais. Um iniciante não terah consciência do peito e abdômen, assim o bolster ajuda a abrir o tronco inteiro.veja o quanto voce deve deslizar para baixo para soltar a linha da cintura , faca uma tração suave. Solte o trapézio e veja o quanto ele ajuda a soltar o abdômen. Coloque uma bandagem atrás do esterno justo aonde ele afunda. Excelente para as mulheres grávidas. Savasana com as pernas em Swastikasana. Use um travesseiro embaixo das canelas. Veja o quanto o abdômen pode se soltar, relaxe o platô púbico, anus tambem. Qual a área da região dorsal que estah descendo? O bolster se prende na região das costas e alguma parte do peito frontal irah afundar. A badagem deve ser colocada na área onde as costas se jogam para cima. Observe atentamente as laterais do osso púbico. Sinta não toque e veja como as virilhas se comportam enquanto voce inala e exala. Vem mais leveza ou dureza? Dobre os joelhos pra sair da postura. Me diga qual a diferença entre pernas dobradas e pernas em swastikasana. Respostas da classe. A região púbica recebe espaço com as pernas cruzadas. O sangue não circula tanto em swastikasana deposi de determinado ponto e não deve ser bom para gestantes. As pernas dobradas suavizam mais o abdômen. Savasana comas pernas em swastikasana mais uma vez com um travesserio embaixo das pernas e depois removemos o travesseiro. Qual a diferença mesmo com as canelas cruzadas de forma suave e solta? Com o travesseiro embaixo o abdômen suaviza e deve ser essa a versão aotada por mulheres grávidas ou problemas em relação a menstruacao. Suporte as coxas com o travesseiro para que a o abdômen relaxe e para que as coxas voltem para a articulação. Para dimenorrea o supta badhakonasana deve ser feito com suporte para as coxas. Vilomea II com todas fazendo com manta dobrada em 3 vezes, mata para a cabeca, bolster e travesseiro para para as pernas.pernas cruzadas de forma simples com mantas embaixo das coxas. Aprenda a soltar a região do abdômen em diversas partes: umbigo, embaixo do umbigo, entre osso púbico e a pelve, entre o alto das coxas internas e platô púbico. Tantas áreas pequenas e esperando serem soltas. Savasana remova o resto do amterial e use apenas uma amnta enroladinha apenas as pontas. Coloque na região do cóccix e sacro. Ajuste essa área e a estenda em direção das pernas sem perturbar e contrair a lombar.