Asanas no Iyengar Yoga

Asanas no Iyengar YogaVocê, que gosta e se interessa por yoga, já ouviu falar dos “asanas”, certo? Sua origem vem da língua sânscrita, originária da Índia, e que significa “postura confortável e equilibrada”.

Sua prática, contudo, vai muito mais além do seu significa literal. Ela tem como objetivo desenvolver uma musculatura mais flexível e maleável, bem como ossos e tendões mais resistentes, massageando os órgãos e equilibrando as funções de diferentes glândulas internas, fazendo com que todo nosso corpo trabalhe de maneira mais sincronizada e em harmonia.

No Yoga, em geral, os asanas são vistos como posições psicofísicas, de contemplação e meditação. No Iyengar Yoga, sua função majoritária é a de desobstruir os canais de energia, permitindo que o fluxo de energia vital (conhecido como “prana”) possa ser restaurado e intensificado.

Os asanas, na prática do Iyengar Yoga, são executados de forma bastante precisa e consciente, mantendo a respiração sob total controle, de forma ritmada e profunda.

Isso não significa que eles devam ser feitos de forma displicente. Os asanas são melhor efetuados, quando feitos de maneira firme, seguindo prerrogativas de alinhamento estrutural e energético. Suas posições quando conquistadas devem ser tão confortáveis que você possa se sentir a vontade para permanecer nelas, por um bom período. Daí a importância da disciplina na prática para fazer com que as resistências mentais deixem de bloquear os movimentos de fluidez no corpo.

Por isso, sempre, as faça munida de orientação profissional, além, é claro, de roupas adequadas e pisos favoráveis, de preferência, com tapetes antiderrapantes. Existem uma série de professores certificados pela Associação Brasileira de Iyengar Yoga que atualmente se esmeram em suas próprias práticas pessoais e técnicas de ensino para prover um alto nível de ensino com segurança aos que se sentem atraídos para esta prática.